quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Gratidão outubro diferencial

Foi um mês revelador e que trouxe transformações intensas. E como aprender é e será sempre o melhor caminho para seguir avançando, eu sou muito grata por todo aprendizado desse longo outubro. Na seleção e legenda das imagens do mês, fica registrado ainda mais meu apreço por tudo que inspira afetos e sorrisos.

Brincar e aprender com o tio Hique é sempre divertido e inspirador. Amor que envolve

Sobre um encontro diferencial. Troca nutritivas que faz toda diferença. Por Talita Ribeiro

"Entendi que a vida não tece apenas uma teia de perdas mas nos proporciona uma sucessão de ganhos. O equilíbrio da balança depende muito do que soubermos e quisermos enxergar." Lya Luft

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Exame, madrugada, metrô parado, náuseas

Quinta-feira, 18/10/2018. Eu acordei 4:45 para organizar a saída de casa mais cedo por conta de um exame que tinha de realizar em São Paulo. Eu teria que está lá às 7:30. Deixei as crianças 6:30 e segui ônibus, trem, metrô. Ao entrar no metrô ouvi o aviso de que ficaríamos parado por conta problema na via em estação adiante. O vagão lotado, a plataforma também e até a escada. Eu comecei a sentir náuseas, os minutos foram passando, a palidez surgindo e o vômito querendo explodir. Trinquei os dentes, busquei forças do além e resolvi tentar sair dali antes de vomitar nas pessoas porque espaço não havia. Foi bem difícil ultrapassar a multidão, mas consegui e meus passos vacilantes foram ganhando ritmo em busca do ar fora da estação. Consegui chegar. Respirei fundo, senti o sol e o formigamento foi diminuindo do meu corpo. Olhei a hora, eu já estava atrasada, de onde eu estava calculei uns 25 minutos a pé até a clínica, mas como eu sentia tontura resolvi não arriscar. Muitas pessoas que também resolveram buscar outra alternativa para seguir viagem também estavam na calçada chamando Uber, táxi, 99 ou prosseguindo a pé. Chamei o Uber e enquanto eu esperava recebi um folheto de uma moça que fazia respeitosa e educadamente campanha pro Haddad. Ela me entregou, eu agradeci e guardei na bolsa. O moço que estava ao meu lado recebeu, fez xingamentos ofensivos, amassou o papel e jogou na calçada. Aquela cena me causou tanto nojo que a náusea voltou feroz. Eu me afastei do local, sentei na calçada e vomitei. Alguém se aproximou e perguntou se eu precisava de ajuda e sentou ao meu lado. Eu fui me refazendo e pedi pra ela ver no meu celular se meu Uber estava chegando já que estava difícil olhar pra claridade com a dor de cabeça. O Uber chegou, eu agradeci seu apoio e segui para meu destino. E consegui fazer o exame. E depois eu retornei a pé com lágrimas quentes escorrendo pela face e lavando minha alma. E amanhã sairá o resultado!

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

O riso nordestino

Se tem uma coisa que admiro em alguém é o humor. A risada sempre fez parte da minha jornada. É um dos tesouros que acompanha meus passos. Já chorei de tanto rir. Eita coisa boa. Das graças de tio Berto, das tiradas do meu pai, do jeito ímpar de tio Doda e de tantos dos meus que sempre despertam minha gargalhada.

Em casa o riso também corre solto, a alegria é uma das nossas dádivas. E achei de casar logo com um cearense que tem um humor que rende crônicas cotidianas que nem sempre tenho tempo para escrever. Da primogênita ao caçula temos na risada uma marca familiar.

Hoje, no dia do Nordestino, eu tenho muita gratidão pela bênção de ter nascido nessa terra de gente forte que tem no riso uma riqueza marcante. Parabéns a todos os Nordestinos espalhados por esse mundo tão vasto quanto o céu do sertão!

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Sobre essência, escolhas, laços, NÃO e SIM

Avançamos no caminho da maturidade quando priorizamos escolhas que tem sintonia com nossa natureza. O NÃO ganha um significado poderoso. O NÃO que tantas vezes deixamos de dizer ou decidir pensando nos outros. O NÃO que me fez vivenciar a mesma situação sendo repetida até que tive a coragem de cortar pela raiz. Descobri que o NÃO é libertador, que o distanciamento traz tanta paz, que o silêncio é uma resposta sábia e que SIM, refinar os laços é sensacional. Um novo ciclo na primavera de um novo tempo. Seguindo nessa filosofia: a essência do que é essencial!

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Gratidão setembro primaveril

Observo o florescer com esperança. Cada dia mais convicta de que a sintonia com nossa natureza deve ser prioridade em nosso cotidiano. Não temos que ser coniventes com o que fere nossos princípios, não temos que nos calar diante do que nos incomoda. Presenciando situações tão assustadoras tomar partido é fundamental. E não é sobre filiação.

Respostas a:
1) “você não tem medo de se posicionar com esse #EleNão, cuidado se ele ganhar vai ter caça às bruxas”
Sério? Então serei eu e milhões de bruxas queimadas. Eu não tenho medo do fogo, ele é elemento da alquimia.

2) Isa: mãe um colega da escola fez um gesto de arma. Eu fiquei assustada. Ele disse que é o gesto que o pai dele imita do candidato a presidente e que a família dele vota nesse homem!
E o que você respondeu filha?:
Isa: Que em casa ninguém gosta de armas. Ele disse que depois da eleição todo mundo poderá ter uma arma e vai ter muitas mortes. Tô com medo.
Seu olhar é desolador. Minha filha tem 10 anos.

Sim é com tristeza que observo essa onda de incentivo ao ódio tão explicita nessa campanha eleitoral. Fico perplexa com o símbolo do “tiro” de um “mito” tão falso que convence tantos. Há tanta incoerência desses donos da verdade que vomitam suas certezas sem o mínimo de respeito. E mesmo diante desse cenário que quer intimidar enxergo com alegria o levantar das vozes de mulheres que tem coragem de denunciar e tomar partido contra a violência. É assustador e libertador ao mesmo tempo. Eu tomo partido pela liberdade. E não tenho medo de declarar abertamente que #EleNão.

Obrigada setembro primaveril. A primavera floresce hoje e sempre: "Mesmo numa cultura opressora, em qualquer mulher na qual a Mulher Selvagem ainda viva e viceje ou apenas cintile, haverá perguntas-chave ...a mulher está capacitada para agir de acordo com sua própria competência, com seu próprio talento. Tomar o mundo em suas mãos e agir com ele de um modo inspirado e fortalecedor da alma é um poderoso ato do espírito selvagem." Do livro Mulheres que Correm com os Lobos. Clarrissa Pinkola Estes

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Agosto iluminado, obrigada

Agosto foi um mês de maravilhosas lunações. Foi sensacional! De tantos encontros e alegrias. De presentes presenciais que fazem toda diferença em minha jornada. Da proximidade da família e amigos, de perto e de longe, gente minha que tanto AMO. Eita que esse povo do meu agrado me faz tão bem.

Alguns destaques do mês
Alimentando a fé na visita ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida. Quanta alegria em realizar esse compromisso sagrado.

Encontro espetacular com os amigos no show do Bruno&Marrone. Que resenha. Que noite. Memorável para celebrar o aniversário do estimado Gustavo.

A pintura do quarto do Arthur, um trabalho sensível e criativo executado por Rosana Grimaldi. Um projeto que nasceu há algum tempo e conseguimos concretizar. É a arte dando cor e vida aos espaços de minha casa.

E apesar de todos as atividades cotidianas, tirar momentos para contemplar a lua, uma ligação mais demorada para pessoa querida, uma adorável leitura, brincadeira com as crianças ou simplesmente respirar pausadamente e descansar. É nesse roteiro que pretendo seguir: priorizando a essência do que é essencial.

Obrigada agosto. Há muita vida dentro de um mês. Há muito espaço para realizar no dia, sequenciar na semana e no passo a passo ir cumprindo as metas que determinamos. Aprendi com Fatyma de Moraes que especificar com clareza é essencial. Não esmorecer com as dificuldades, enfrentar os desafios e desenvolver cada vez mais a persistência, são elementos chaves para seguir avançando. Tudo isso em sintonia com sua natureza. Com aquilo que você sente e é. Isso é fundamental em todos os sentidos.

terça-feira, 31 de julho de 2018

Gratidão julho/2018

A passagem do tempo é diferenciada. Sim, o tempo tem muitas variáveis. Há momentos em que o sentido de eternidade é tão forte que a contagem do tempo do relógio ao qual estamos tão condicionados nem sequer é lembrada. E isso me faz priorizar cada vez mais a proximidade do meu tempo com os laços afetivos que são diferenciais em minha jornada. E tenho colecionado encontros valiosos, presenciais e sensoriais, alinhados com essa essência do que é essencial.

Eu SOU MUITO GRATA por todas as circunstâncias aprendizes da minha jornada. Obrigada Universo por me presentear com mais um mês abençoado, por cada passo realizado e pela trilha que se descortina de mais um mês que nasce com a fertilidade da chuva. Eu poderia discorrer sobre vários acontecimentos de julho, no entanto, ficaria longo meu texto e quem é meu laço verdadeiro conhece bem meu amor e já compartilhamos a alegria do encontro sonho.

A seleção única vai para a imagem do mês, clicada por meu irmão Henrique Neto, no passeio dos primos, João e Arthur, na companhia do pai, tio e irmão. Pense numa companhia que faz diferença e multiplique ao infinito.

Gratidão outubro diferencial

Foi um mês revelador e que trouxe transformações intensas. E como aprender é e será sempre o melhor caminho para seguir avançando, eu sou mu...