Páginas

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Sagrada Árvore


Hoje é dia da Árvore. E quantas árvores fazem parte de minha história. Da infância lembro dos vários umbuzeiros e que delícia sua fruta. A mangueira da casa dos avos e do juá, uma árvore frondosa no terreiro da casa de uma tia muito querida.

No meu bairro tem ipê roxo e sibipuruna amarela. E como é linda a florada do ipê amarelo. Já comi bastante goiaba no pé, graviola e pinha. Árvores frutíferas que acompanham as estações e tem o tempo oportuno do seu fruto.

Quando desço a Serra do Mar indo pro litoral Sul ou Norte fico fascinada ao ollhar a Serra e ver a imensidão do verde que abriga diferentes espécies. Na Mata Atlântica têm quaresmeira, jequitibás, palmeiras... A biodiversidade do Brasil é uma riqueza. Temos tantas árvores, o pequizeiro no Cerrado, o Buriti no Pantanal, a castanheira-do-pará na Amazônia e tantas outras.

Árvores das estradas, da calçada, da praça, dos parques, das florestas.Árvores que dão sombra, abrigo, flores, frutos. Arvores que alimentam e semeiam a vida.
Plante, cuide, acompanhe. A árvore é um símbolo sagrado.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Setembro é tempo de ação e primavera

Ontem passei na Alameda Gabriel. O vento soprava anunciando que o tempo logo mudaria. As folhas de inverno das árvores voavam pela rua, entravam no carro, passeavam despedindo-se da estação e dando lugar para as novas folhagens da primavera.

Ontem foi um dia importante. Um dia de resolução. É gratificante resolver os assuntos listados na agenda. O check-list de solucionados renona as energias para os próximos passos. E tem aqueles que mesmo quando não escrevemos ficam “martelando” e nos lembrando que é preciso ação.

Estou continuamente aprendendo a relevância de organizar o tempo priorizando as atividades e estabelecendo metas para cada item. Até os sonhos me sinalizam e acordo com a sensação de que hoje é dia para produzir resultado positivo.

Hoje é sexta-feira e defini iniciar uma atividade para esse dia. Faz tempo que ensaio e agora é hora de ir para o palco. É tempo de primavera e o movimento no jardim da natureza já está acontecendo. As vibrações da estação já estão no ar.