quarta-feira, 27 de julho de 2011

Além das palavras

Há muito além das palavras. As palavras têm muitas entrelinhas. E mesmo quando não emitimos nenhuma palavra o corpo fala de várias maneiras. “O corpo é ser multilíngue”. Li esta frase no Livro Mulheres que Correm com os Lobos que é uma obra referência na minha vida. Um dos meus livros de cabeceira que indico para todas as mulheres que conheço. Sim, o corpo é mesmo um ser multilíngue e suas vozes aflora tocado pelas emoções.

Ir além das palavras é um caminho de sensações. Palavras podem retratar uma noção do que sentimos, apenas uma noção. E, ao mesmo tempo, as palavras tem uma grande força de expressão e tem o poder de transmitir mensagens. Pode ser como a porta de entrada para aguçar o olhar do coração de muitos que tem a coragem de enveredar pelo caminho da proximidade verdadeira.

Minhas madrugadas reflexivas são um chamado para a expressão. Meus sonhos alertas. Quanto mais me aproximo de mim mesmo amplio minha percepção das lições dos erros, da necessidade de mudanças e nas muitas possibilidades para melhorar em todos os sentidos. Ir além das palavras com palavras não ditas que estão a me engasgar com um nó dolorido. Para encontrar a luz, eu preciso mergulhar na sombra com clareza e coragem.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Aborrecimento com Submarino Viagens

Ontem fiquei muito decepcionada com o atendimento do Submarino Viagens. Primeiro, porque tive que esperar muito tempo até que um atendente estivesse disponível. A mensagem que aparecia é que estava com “acumulo de ligações” e sempre sugerindo que acesse o site. Há assuntos que não conseguimos resolver via site. Temos que falar que alguém. Ouvi repetidas vezes a mesma mensagem até que depois de um longo tempo fui atendida.

Depois de explicar minha situação ao colaborador do Submarino Viagens, ele solicitou para eu aguardar na linha, o que fiz por um bom tempo. No primeiro retorno ele disse que não tinha como alterar e que faria contato com a companhia aérea, no caso a Qatar, para ver qual o procedimento para a alteração. Depois de uma longa espera justificada pelo atendente de que se deu porque ele estava tentando contato com a Qatar e não obteve sucesso. Ele disse que não conseguiu falar com a companhia aérea e que não teria como me auxiliar. É espantoso que o Submarino não tenha como fazer contato com a companhia aérea da qual ele vende passagens.

Ainda me falou que como não aconteceu o embarque a passagem do retorno também já estaria cancelada já que ele não conseguia acessar as informações no sistema. E sugeriu que eu tentasse contato com a Qatar para resolver a situação. Um absurdo já que quem vende as passagens é que tem que responder as solicitações do cliente. Eu liguei na Qatar e falei da resposta que tive no Submarino e o atendente da Qatar também ficou surpreso com a informação incorreta que recebi do Submarino. Além de demorar um tempo enorme para me atender, ainda passou informações erradas e não solucionou minha solicitação.

Felizmente, diferente do atendente do Submarino, eu consegui contato com a companhia aérea. Agradeço pela atenção recebida da Qatar que atendeu minha solicitação apresentando a solução.

Foi a primeira compra de passagens aéreas que fiz no Submarino Viagens e a ÚLTIMA. Faz toda diferença o processo de atendimento integral, do começo ao fim.

Maria Ivone Neto Mourão

quinta-feira, 14 de julho de 2011

A vida a flor da pele

Nós sentimos. E sentir é muito intenso. Sentimos calor, ardor, amor, arrepio, dor, frio. O vento, a água, o fogo e a terra nos tocam todos os dias. Nossas sensações são únicas. Deliciosamente exclusivas. Preste atenção aos seus sentidos. Eles falam a linguagem do seu corpo. Elas captam e transmitem. O tato, por exemplo, que sentido fantástico! Abraçar um ursinho de pelúcia, tocar a pele de quem amamos, sentir o orvalho doce da manhã afagando a pele, a suavidade da seda enfeitando o corpo, o pé afundando na areia branca...sensações indescritíveis, é só sentir e cada pessoa conhece bem suas sensações. A vida está à flor da pele. Viva!

A ilustração deste post fica por conta da lembrança da sensação de cada um.

domingo, 10 de julho de 2011

Junho turbinado

Este post está bem atrasado. Normalmente eu publico minha síntese turbinada mensal no último dia do mês ou logo no início do mês sequencial. Junho já se faz diferencial dos demais meses do primeiro semestre por este atraso que tem um motivo muito especial. Foi um mês de mudança. Mudar faz parte do curso da vida e certas mudanças são tão intensas que modificam nossa rotina e nos faz centralizar um foco em um objetivo. É como diz minha amiga Master Coach Fatyma de Moraes, certas situações demandam 120% de nossa energia no processo inicial. É o impulso necessário para que as próximas ações sigam o fluxo progressivo.

Hoje é dia 10/07. Tem uma linda Lua iluminando a noite do inverno. Eu a contemplei no meu quintal e vou dormir com sua bela imagem em minha lente coração. Mas, antes de adormecer, quero cumprir esta tarefa mensal que está no meu check list de tarefas grifada como pendência. Meu post do mês turbinado, do fantástico mês de junho que marca a chegada do inverno, estação preferida da minha filha Bruna. É também o mês de Santo Antônio, São João e São Pedro. Mês das festas juninas, das fogueiras, da alegria do São João que agitam as noites nordestinas. Lembro com carinho das novenas de São João do sertão. Recordações da infância que são eternas.

Junho foi sim turbinado. Um mês de muito trabalho na Marcos Turbo. Muitos posts no Blog, promoções na Loja Virtual de turbinas, anúncios de turbinas automotivas e diesel e outras ações no cotidiano turbo da empresa. No Blog Cidades Turbinadas, as cidades sorteadas do mês estão aguardando as publicações. Acontece que por conta da mudança, não tive tempo suficiente para fazer as pesquisas e a produção dos conteúdos. Meu compromisso com cada cidade é muito importante e só escrevo quando consigo combinar as informações que me permitam conhecer melhor a cidade e me sentir preparada para descrever minha leitura. Este mês de julho vou atualizar a programação das postagens.

Em junho o roteiro do cotidiano foi alterado. É sempre possível programar um novo roteiro. Uns ajustes aqui, outros ali, e tudo vai adquirindo o ritmo de melhorias. Senti muita falta de não participar das atividades da agenda do Esppaço Alpha, em especial, da edição da Escola das Deusas. Mesmo ausente fisicamente sinto-me parte do projeto e sou muito grata por tudo que aprendi com a Escola das Deusas. Tenho muita gratidão pelas lições do coaching feminino e tantos outros conhecimentos compartilhadas de forma tão participativa na Escola das Deusas. A positiva troca de informações e experiências é uma oportunidade enriquecedora de aprendizado e evolução.

Quero agradecer muito o mês de junho em minha vida. Sem dúvida, um mês inesquecível em minha história. Obrigada, mil vezes obrigada pela bênção da vida.
Em homenagem ao meu irmão Henrique que faz aniversário em junho. MUITO ESPECIAL!

Qual caminho você escolhe?

Treine a mudança de seu pensamento. Não desanime. Seja persistente. “Falar é fácil, difícil é fazer” “Ninguém me ajuda. Tudo dá errado” ...