sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

O que quer. O que não quer.

Ter convicção do que queremos e do que não queremos é vital. É importante ter uma razão determinante para lutar por sua meta que representa o que quer e revela o que você não quer. Há um elo entre esses dois pontos. Quando listamos o que não queremos nos deparamos muitas vezes com um excesso de tolerância e também observamos um distanciamento muito grande de nós mesmos. É um caminho de reencontro e como é bom nos encontrarmos.

Hoje eu tenho muito mais clareza do que não quero e do que quero em minha vida. Hoje tenho muito mais consciência da força que tenho para realizar meus sonhos. Hoje, mesmo diante do medo, sei que sou capaz de acender o fogo da coragem e seguir em frente. Hoje estou mais próxima de mim. Ao me reconhecer abro um espaço amplo para reconhecer os outros e as oportunidades que o universo sinaliza. Acredito que quanto mais eu dialogar comigo mesmo eu descobrirei as chaves para expandir minha consciência. É um treino que potencializa a criação. É um exercício que amplia a visão, a intuição e nos coloca em busca de conhecimento.

O que quero é claro como o céu mais azul, é transparente como a água mais cristalina. E o que você quer? Qual a intensidade do seu desejo? Quanto você está comprometido com suas metas? Quando a pessoa tem uma aliança firme com seus propósitos não falta dedicação e a persistência torna-se marca de sua atuação. Há uma chama que conduz seus passos porque ela sente com todos os sentidos que está em sintonia com sua essência.

Faça a lista do que você não quer. Liste também o que você quer. Questione cada item, mergulhe no significado de cada um mesmo que para isso precise penetrar na sombra. A luz estará lá e a claridade surgirá como um farol para que você renove suas energias e promova as mudanças necessárias para alcançar o que você quer, priorizando seu tempo, seus princípios, sua história, sua vida.Um oceano para navegar pelas águas do rio e seguir além mar ...

10 comentários:

Diego Ernesto Dinatto Silva disse...

gostei do seu blog

gostei msm

mt coisa legal aqui

seguindo vc tb

ok's

acessa o meu la

e c gostar pode segir

vo agradecer mt

;)

acesse http://www.iubdeds.com.br

R.Martuchi disse...

Com certeza é sempre muito bom ter em mente os focos. Mas é tão dificil descrever aquilo que a gente quer. Colocar isso no papel.. uff São tantas as coisas. Por que será que é tão dificil chegar a uma conclusão? Creio que muitas vezes não conseguimos o que queremos simplesmente por que so sabemos o que não queremos. Belo post..

Lillo Dogmez, o licantropo. disse...

Antigamente eu queria ser rico (adolescência). Hoje eu quero ser imortal. Por isso me entreguei à literatura. Esse é o meu foco.

Felipe Matula disse...

Acho que a palavra certa é arriscar, arriscar no que queremos, mesmo que não conseguimos, tiramos sempre uma lição boa...ou ruim....muito bom o texto!

Lucas Adonai disse...

gostei muito do seu blog!!!

Mônica Pinheiro disse...

Bela reflexão!

O bom da vida é que, quanto mais o tempo passa, mais aprendemos. Neste vai-e-vém de escolhas, aprendemos a lidar com as dificuldades e também a administrar as nossas vontades.
É claro que nem todos aproveitam as oportunidades e acabam deixando a vida os levar como uma onda.
Já as pessoas ativas sempre aperfeiçoam os seus desejos e acabam colhendo bons frutos no final desta emocionante caminhada que é a nossa história.

Parabéns pelo blog, seguindo.
Abraços,

Mônica

William disse...

Olá Ivone,
É isso mesmo. A gente com o tempo aprende a sobreviver aos obstáculos que a vida nos proporciona, independente do que possa ser. O tempo as vezes é cruel e não nos permite reagir, mas precisamos estar sempre "ligados no 220".
Grande semana pra ti.

Mαуαrα Souzα .-. disse...

"Hoje eu tenho muito mais clareza do que não quero e do que quero em minha vida." Um dia quero ter essa clarezaa !!


http://solootro.blogspot.com/ passandoaqui passandoaqui

Higor Dourado disse...

Com certeza.. a vida só tem sentido se vc tiver foco, ou pelo menos planos para algo.
Uma vida sem planos é a morte.
Enfim.. Gostei do blog..
visite o meu depois...
www.estena.com.br

Mulheres- Universo Feminino disse...

Amei o que voce postou! pode ter a ceteza que vou seguir sua dica!
vou te seguir, abraços

Qual caminho você escolhe?

Treine a mudança de seu pensamento. Não desanime. Seja persistente. “Falar é fácil, difícil é fazer” “Ninguém me ajuda. Tudo dá errado” ...