segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Tempestades e bonanças

Nossa jornada é um ciclo com diferentes estações. Cada estação tem um propósito. Toda situação tem um sentido. Toda jornada tem seu tempo de tempestade. Momentos em que as dificuldades nos acometem e que exige de nós toda força para vencer os desafios. Esses estágios são vitais. Muitos chamam de provações. Cada um contextualiza de acordo com sua visão, mas, seja como for, estou aprendendo que essas passagens são acompanhadas de bênçãos. Os obstáculos são sementes de crescimento que nos faz evoluir com determinação para exercitar todo nosso poder de superação.

A tempestade não é infinita. Quando nos damos conta de que o passageiro é uma etapa da caminhada nos fortalecemos para criar soluções. Nossa atitude diante da situação muda tudo. Passamos a ver os problemas como oportunidades. Onde preciso melhorar? O que precisa ser refinado nas estratégias? Qual mensagem transformadora está nas entrelinhas da situação? Novos cenários surgem com os questionamentos e as mudanças acontecem. Os trovões não soam tão fortes e os relâmpagos tornam-se faróis a iluminar nossa percepção. Quando conseguimos aquietar nosso espírito ouvimos com mais clareza os sinais da intuição.

A bonança é possível. Ela está em nosso caminho em muitos capítulos de nossa história. Ela revela o quanto é importante aproveitar as lições do passado para aprimorar o presente que semeia o futuro. Se você estiver atravessando uma tempestade, não se desespere. Por mais difícil que pareça você é capaz de vencer. Escute a oração do seu coração, ancore seu pensamento em energias de fé e amor e verá que o poder para transformar está em você. Todo ser humano tem potencial para criar oportunidades e o acesso para a potencialidade está em cada um de nós. Eu acredito que a bonança é um jardim de aprendizado.

Hoje encaro as tempestades como travessias. E todos os dias observo que a bonança é um passo a passo aprendiz. Semear, cultivar e colher são ciclos perenes. E em cada um deles há espaço para treinarmos nossa habilidade de renascer e seguir adiante.

Um comentário:

Paulo Cesar PC disse...

Seu texto é de grande sabedoria e também vem de encontro ao sentimento que tenho a respeito disso. Muito bom está num blog que nos convida a pensar, em razão da riqueza de seu conteúdo. Um grande abraço.

Qual caminho você escolhe?

Treine a mudança de seu pensamento. Não desanime. Seja persistente. “Falar é fácil, difícil é fazer” “Ninguém me ajuda. Tudo dá errado” ...