sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Conexão da vida em rede

As pessoas estão cada vez mais conectados na rede web e esse avanço da tecnologia da comunicação me faz refletir também na força das conexões que tecemos com as pessoas. Seja presencial ou virtualmente, há uma conectividade energética em tudo porque a vida é movimento e essa ligação de um com o outro acontece todos os dias, sempre.

Observando essa conexão web que em um click nos permite compartilhar imagens, textos, vídeos, músicas e as mais diversas informações, parei para pensar em Astrologia, na minha identidade astrológica que influencia significativamente muitos aspectos da minha trajetória. As casas, os trânsitos, a posição dos planetas, suas características e ciclos. Muitos estudiosos ao observar o céu construíram conhecimento e continuam a desvendar porque tudo está em movimento constante de transformação. O Cosmo é uma rede.

Quando estou caminhando sinto o vento e o vejo no balanço das folhas, ele tem sintonia com o céu e com as correntes climáticas que giram no planeta. Nevasca no norte, muitas chuvas aqui, o clima circula em rede e altera a vida das pessoas. O ritmo da caminhada faz meu sangue circular mais rápido, minha respiração melhora e percebo como o corpo é uma rede de órgãos e funções interligados. Paro para refletir na incrível capacidade do cérebro em armazenar e criar. A criatividade é uma habilidade da natureza humana e a mente um maestro memorável.

Olho o céu e penso na configuração dos astros, na fase lunar. Hoje é dia 15/01, um dia especial para meu signo já que o benfeitor do zodíaco, o expansivo Júpiter ingressará em Peixes e isso trará muitos benefícios para um novo ciclo de plantio e colheitas férteis. E logo virá o ano novo astrológico para girar a roda e continuarmos a costurar as teias da vida em rede. Meu símbolo especial de conexão, meu laço mais sagrado:Família

Nenhum comentário:

Qual caminho você escolhe?

Treine a mudança de seu pensamento. Não desanime. Seja persistente. “Falar é fácil, difícil é fazer” “Ninguém me ajuda. Tudo dá errado” ...