Páginas

terça-feira, 16 de junho de 2009

Fortaleza do Luxo ao Lixo

Estive no feriado de Corpus Christi visitando a cidade de Fortaleza, a conhecida capital do Ceará é banhado por um mar azul espetacular. Com águas mornas nas belas praias, uma luz vibrante e um calor fenomenal, é um convite para as férias, mesmo que sejam breves. Esses atrativos são bem destacados nas promoções turísticas e nos relatos de quem conhece o roteiro que figura entre os mais procurados do Nordeste.

Mas o título do texto sugere outra leitura que chamou minha atenção na cidade. Do luxo ao lixo, da Hilux importada da frota policial ao lixo espalhado pelo canteiro central da Leste e de outras ruas e avenidas de Fortaleza. Na Leste estava terrível, não entendo como as pessoas podem jogar o lixo dessa forma. Infelizmente, isso não é privilégio de Fortaleza, a sujeira é um problema que aflige outras cidades. No entanto, enquanto as viaturas importadas circulavam pela cidade, e como dizem por lá -Pense em uma frota cara – observei o trem passando pelo trilho. Que espanto! Meu Deus! Como as pessoas podem ser transportadas nesse transporte, parece que tudo está despencando. Mas, tem sinal de melhora, disseram-me que o metrô está em construção. Ufa!

E a sinalização. Socorro! No centro e nas praias principais até que existe e orientam corretamente, saindo dessa região fica difícil. Foi complicado encontrar a BR para ir ao Morro Branco. Paramos diversas vezes em avenidas movimentadas, em cruzamento, sem que houvesse nenhuma placa indicando o bairro e outras direções necessárias. Felizmente conseguimos chegar a Eusébio e parando em um Posto recebemos a informação correta de um morador. Que Deus o ilumine a continuar auxiliando os perdidos em Fortaleza.

E por falar em Eusébio, por lá existe o Alphaville Eusébio. Chique! Parece ser uma cidade bem movimentada da região metropolitana. De lá cheguei a BR que tem muitas palmeiras, riachos e engenhos. O cheiro da cana adocicada da produção de rapadura inundava o ar, o sol iluminava a estrada e logo estávamos em Beberibe e bem perto dali em Morro Branco. Essa praia é fantástica e pode acrescentar aqui todos os adjetivos que sintonizem com beleza. Ôh lugar LINDO!

Apreciei muito também a Praia do Futuro. Ficamos em Cocobeach que tem um bom atendimento e uma estrutura ótima para família. Minha Isa amou a piscina. A decoração é bonita, o ambiente agradável e limpo. Imagino que a noite seja um “point” com música, dança e muita diversão.

No Mercado Central tem muito do Ceará, roupas, artesanatos, sandálias de couro de jegue, calcinhas “bunda-rica”, rendas e muito mais. Tem também atendentes mal humoradas que reclamam quando resolvemos pechinchar. Sinto muito querida, temos que valorizar nosso dinheiro já tão consumido pelos altos impostos arrecadados pelo governo que custeiam a compra de Hilux importadas e outros Luxos mais. E por falar nisso, eita povo pra gostar de carros importados, tem muito rodando pelas ruas da cidade.

Ah...mas não posso esquecer de indicar a salada de fruta do quiosque próximo ao estacionamento. Uma delícia. E também de dizer que a empresa onde alugamos o carro tem um atendimento excelente. Parabéns Loccar. E por falar em gastar, na tradicional feira Beira-Mar tem muito para comprar. As bijoux são encantadoras. Fruto da criatividade e do trabalho de muitas artesãs. Tem também humor, aliás, uma das características marcantes dos cearenses. As frases das camisetas que o digam:
“Oh povo feio >>>>>>”
“Salva os Lindos...Afoga os Feios” e por aí vai rsrsrsrs

Mas POR FAVOR, atente para a situação do LIXO, SINALIZAÇÃO, PROSTITUIÇÃO. É urgente, afinal, a Copa está logo aí. 2014 já já chega e que esses recursos que serão investidos tragam progresso compartilhado para a população. A cidade é boa pro turista quando é boa para o morador. Fortaleza merece um cuidado melhor, afinal, é privilegiada por tanta beleza, muita riqueza, mas convive com a pobreza. E esse recado pode ser estendido para muitas outras cidades Brasis...Praia do Morro Branco, um dos belos cenários do Ceará...Fantástico

Nenhum comentário: