terça-feira, 10 de agosto de 2010

Meu filtro destaque da edição PEGN

Todos os meses eu leio a edição da revista PEGN e de todos os temas abordados há sempre um filtro que fica. É o que chamo do destaque selecionado da leitura. Na edição de julho foi da matéria de capa, em especial, um trecho no qual o entrevistado cita uma fase de reestruturação da empresa na qual ele buscou empréstimos bancários e recebeu um aceno positivo com uma proposta para apresentar os resultados alcançados no período de 1 ano.

Esse tempo pode parecer longo para quem está em um momento difícil, porém, tendo um plano a seguir mostra que a empresa está trabalhando estratégias para avançar. Passado o prazo de 12 meses, ele recebe a ligação do gerente do Bradesco, conversa da qual ele nem estava recordando no momento, e vai até a agência para apresentar as metas alcançadas. Como percebemos ao longo do texto, a custa de muita determinação a empresa realizou os objetivos gerando confiança e assim o crédito se fez presente. Essa situação descrita me fez refletir muito sobre a importância do compromisso e da confiança nas relações que tecemos ao longo de nossa vida no âmbito corporativo e em outras circunstâncias.

O gerente cumpriu o compromisso de ligar e conferir o resultado no prazo previsto: exatamente 1 ano depois. E isso confere sim um grande diferencial a este profissional já que há muitos exemplos de pessoas que não ligam nem sequer no dia seguinte. Nem todos agem dessa forma, muitas vezes, no piloto automático do dia a dia, atarefados por tarefas técnicas cotidianas, os profissionais perdem a oportunidade de fortalecer os laços com uma melhor atenção. Ao me colocar no lugar do cliente citado na matéria da revista, pensando em toda energia que ele estava empreendendo para melhorar as condições da empresa, fico imaginando a importância desse contato depois de 1 ano e penso que ampliou sua confiança não apenas no profissional que o atendeu, mas na marca que ele representa.

Esse testemunho da matéria de capa da PEGN me fez pensar muito em uma das minhas caminhadas matinais e foi incrível o número de situações semelhantes e contrárias que lembrei. Ao ler sobre um determinado tema fazemos links com outros. Uma das conexões que fiz foi com outro texto que li há certo tempo atrás na qual uma maternidade atribuía ao seu atendimento à qualidade “humanizada”. Ora, mas todos os atendimentos deveriam ter essa característica que é natural de seres que são humanos ou será que estamos desconhecendo nossa própria natureza? E olha que já fui atendida por enfermeiras (os) e médicos (as) que realmente precisam de boas aulas de “humanização”. Por outro lado, lembrei da confiança conquistada por uma agência de Correios na prestação de serviços para nossa empresa, da atenção do gerente atual de nossa c/c PJ do Bradesco e da minha pessoa física e da enorme diferença com a agência anterior. A atenção é mesmo um diferencial valioso.

"Nada é impossível". É o que está escrito no destaque da capa da PEGN e pelo que descreve o texto de "O caminho do sucesso" da matéria de capa da ediçao de julho/2010 há realmente muitas possibilidades de fazer Possível nossos objetivos quando acreditamos na alternativa de melhorar. E espero que todos melhorem ampliando a confiança e o compromisso de relações saudáveis para que possamos continuar compartilhando histórias como essa da Solvo. Exemplos assim nos motiva a enfrentar e aprender com os nossos desafios.

Esse texto também foi publicado na minha página da Rede NING PEGN. Aliás, fica a sugestão para que participem dessa rede de empreendedores!A criança nos ensina o valor da confiança e sua visão de futuro mostra que ela pode melhorar a cada passo.Nascemos para aprender e crescer continuamente.

Nenhum comentário:

Qual caminho você escolhe?

Treine a mudança de seu pensamento. Não desanime. Seja persistente. “Falar é fácil, difícil é fazer” “Ninguém me ajuda. Tudo dá errado” ...