Páginas

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Uma janela, dois mundos

Um mundo para quem olha para fora e vê no horizonte muitas possibilidades para realizar seus sonhos. Outro mundo para quem olha para dentro e observa que há um universo neste sentido contrário e que ele é a ponte que nos conduz a trilhar o caminho. Esse olhar inverso é muitas vezes esquecido e ele é vital para que possamos reconhecer nossa essência.

Hoje acordei refletindo sobre minha janela. Olho a claridade do céu e vejo que há um céu dentro de mim. Será que é manhã, tarde ou noite no meu céu interno? Será que ele está azul ou nublado? Como anda a sintonia das estações nos passos de minha jornada? Quantos pontos a serem esclarecidos para atravessar a ponte de mais uma passagem de ano? É momento de buscar harmonia encarando as conexões das sombras e luzes.

É hora do balanço. É tempo de cruzar os olhares, sensações, sentimentos e objetivos dos dois mundos da janela. O balanço 2010 me convoca!Um janela, dois mundos, múltiplas leituras...

Nenhum comentário: